Avançar para o conteúdo principal

Bandeiras: Parte I


De repente lembrei-me daquele episódio da Bandeira Nacional (Portugal) hasteada ao contrário (que também tem um significado, já lá vamos) e lembrei de publicar o texto que se segue sobre como colocar / hastear bandeiras.

Vamos, então, explicar qual o significado de uma bandeira hasteada ao contrário: significa que o lugar que essa bandeira representa está sendo invadido pelo inimigo e é um pedido de socorro aos seus aliados!

A bandeira é o símbolo representativo de um Estado soberano, ou país; de um município, de uma sociedade, de um clã, de um reino, de uma coroa; existem normas para hastear as bandeiras e há toda uma simbologia inerente às mesmas. Sem grandes delongas, irei tentar dar umas "dicas" práticas sobre como hastear as bandeiras.

No caso de Portugal, a lei que rege essas regras do desfraldar da bandeira é o Decreto-lei n.º 150/87 de 30 /3/1987.

Em Portugal e em território português essa lei estipula que a bandeira portuguesa "quando desfraldada com outras bandeiras portuguesas ou estrangeiras, ocupará sempre o lugar de honra, de acordo com s normas protocolares em vigor". Diz ainda que:

 - Havendo 2 mastros, o do lado direito, de quem está voltado para o exterior, será reservado à Bandeira Nacional;
 - Havendo 3 mastros, a Bandeira Nacional, ocupará o do centro;


 - Havendo mais de 3 mastros:
      - se colocado em edifícios, a Bandeira Nacional ocupará o do centro, se forem em número ímpar, ou o primeiro à direita do ponto central se forem em número par.

       - Em todos os outros casos, e segundo a lei supra -mencionada, a Bandeira Nacional ocupará o primeiro da direita, ficando todas as outras restantes à sua esquerda.

Parece fácil, mas há que ter em atenção os seguintes detalhes:

1. Como colocar a 2ª bandeira, no caso de serem em número par e haver mais de 3 mastros: simples: basta seguir uma lógica matemática, ie, passamos do 1 para o 3 de do 3 para o 5, no caso de números ímpares e  do 2 para o 4  e do 4 para o 6, no caso dos números pares.

2. A direita do ponto central, fica à esquerda de quem está de frente para elas, ie, à esquerda do observador.

3. num número par de bandeiras, a regra das precedências é centro ( e o centro pode ser uma linha imaginária!) , direita, esquerda, outra vez, direita, esquerda.

ERROS COMUNS NO USO DA BANDEIRA NACIONAL:
Os erros mais comuns, são:
a) Bandeira Nacional de dimensões inferiores às das outras bandeiras hasteadas em conjunto;
b) outra bandeira, por norma a da União Europeia, ocupando uma posição de maior procedência em relação à Bandeira Nacional;
c) Bandeiras Nacionais hasteadas em mau estado de conservação;
d) Bandeira Nacional não respeitando o padrão oficial das cores, desenho ou proporções;
e) Bandeira Nacional demasiado pequena para o mastro ou local onde está hasteada.


No próximo blog, irei falar sobre a questão da colocação das bandeiras no espaço europeu (União Europeia).

Comentários

  1. Querida Lúcia.
    É com enorme prazer que comento o seu post de excelente conteúdo e a sua facilidade ao explanar tema tão complexo. Você o dissecou, nesta primeira parte, com enorme eficiência e acresceu detalhes históricos interessantes.
    Parabéns sempre.
    Beijos mil,
    Adriana Ferreira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Adriana,

      É sempre como muito orgulho que vejo que você continua seguindo o meu blog. Um muito obrigada por isso!

      Beijos
      Lúcia

      Eliminar
    2. Querida Lúcia.
      Não apenas seguimos o seu blog, sempre com informações muito relevantes como aguardamos, com ansiedade, a publicação dos seus textos em livro, o que facilitaria em muito a nossa consulta.
      Beijos e parabéns.
      Adriana Ferreira.

      Eliminar
  2. Querida Adriana,

    Obrigada.
    Estou a guardar os textos para, quem sabe mais tarde, os publicar num livro, tal como você sugere.

    beijinho

    Lúcia

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens Populares

Etiqueta Social: Algumas regras básicas

A minha avó materna diz, do alto dos seus 94 anos, “ a educação nunca passa de moda”, e é  - numa singela homenagem a ela – que apresento algumas regras básicas de etiqueta social.
1-Apresentações: Sempre o menos importante se apresenta ou é apresentado para o mais importante, ie, o senhor para a senhora, o mais novo ao mais velho.
Como se determina a importância? Para determinar a importância, deve-se ter em consideração os seguintes factores: a)Idade b)Sexo c)Posição social d)Posição política e)Hierarquia As mulheres não se levantam. São cumprimentadas sentadas. No entanto, é gentil levantar-se para alguém mais velho ou para uma grávida, por isso, se for mulher, é simpático levantar-se para cumprimentar ou uma grávida ou uma senhora mais velha. Os homens levantam-se sempre, mesmo para cumprimentar outro homem. As apresentações devem ser sempre efectuadas com o nome e o sobrenome; não entenda isto como snobismo, mas sim como um ponto de referência importante. Claro que se for uma pessoa …

Como Atender o Telefone da Sua Empresa

Quantas vezes procurou uma empresa na internet, navega no seu site - extremamente apelativo, por sinal - fica completamente maravilhado com tudo o que a empresa tem para oferecer ao cliente, efectua o contacto telefónico e...decepção! Atendimento telefónico péssimo e sem receber o feedback pelo qual tanto aguardava. O telefone ainda é um instrumento de vendas e de networking muito importante, por isso, é necessário ter em consideração alguns factores quando atender ou efectuar uma chamada telefónica. Não esquecer também da qualidade do atendimento que deve dar igualmente às ligações internas, que comprometem também a comunicação e agilidade no andamento dos negócios da sua empresa. 
Seguem algumas orientações para um atendimento telefónico de excelência:  - Ao atender o telefone diga o nome da empresa,  saudação para as chamadas externas que esteja estipulada pela empresa, seguido do seu nome (ex: protocolo e etiqueta, boa-tarde, fala a Constança, em que lhe posso ser útil?).  - Acas…

Cocktails e Recepções

Hoje, o tema do meu post (como já perceberam), são as recepções, com especial enfoque para os cocktails.
O que é um Cocktail? É uma recepção com características muito próprias, a começar pelo horário: o cocktail é geralmente marcado para as 6 ou 7 e encerra-se às 8 ou 9 horas da noite.
Como se organiza o espaço onde decorre o Cocktail? É uma característica do cocktail que as pessoas circulem, que os anfitriões dêem atenção a cada um com algumas palavras ou breve conversa, e que o encontro seja limitado em torno de duas horas; não é uma recepção sentada, e não se colocam mesinhas e cadeiras. Mesas de centro que tomam lugar são removidas, e os móveis dispostos de modo a deixar maior espaço central, permanecendo no entanto os assentos que houver normalmente na sala, os quais, re-colocados/ reorganizados, servirão para breve descanso dos mais velhos. Neste caso, melhor que formem pequenos conjuntos nos cantos, por não ser muito estético dispô-los todos em fila ao longo das paredes. É uma das …