Avançar para o conteúdo principal

Saudações e Apresentações



Apresenta-se sempre a pessoa menos importante à mais importante e a mulher é, do ponto de vista das Boas Maneiras, mais importante que o homem. Assim, apresenta-se um homem a uma mulher, alguém a uma autoridade, uma pessoa mais nova a uma mais velha, etc. 

A pessoa mais importante estende a mão à que lhe foi apresentada ou faz um aceno de boas vindas, e ela é quem faz a primeira saudação: "Como está?", ou "Muito gosto" .

Fora de uma apresentação, quando um funcionário encontra seu chefe, é dele a obrigação de saudar, por exemplo, dizer ''bom dia'', ao superior. Estender a mão, porém, é prerrogativa do chefe. Quem estende a mão é o funcionário mais graduado, o mais velho, a mulher - porque cabe a eles decidir se devem ou não ter a iniciativa.

O homem sempre se levanta ao cumprimentar uma mulher, ou alguém hierarquicamente superior. A mulher não precisa se levantar para cumprimentar a outra, salvo em três casos: quando não directamente convidada, para ser apresentada à anfitriã; se convidada, no decorrer do evento dela se aproxima a anfitriã para saudá-la; e a mulher mais nova ao ser apresentada a uma senhora mais velha.

Apresentações entre iguais. Na auto-apresentação entre duas pessoas, o que deve guiar a apresentação é o critério de território, isto é, o principal é o que é abordado, o que está parado. O que se aproxima diz quem é, e aguarda que a pessoa abordada responda com cordialidade e aceitação. Este responderá, dizendo o nome e estendendo a mão àquele que o está abordando.

Os mesmos critérios são utilizados para o caso de um indivíduo que se aproxima de um grupo. No entanto, geralmente alguém se põe como interlocutor de um e de outro lado. Este dirá o nome das pessoas do seu grupo, durante a apresentação. O interlocutor do grupo que se aproxima se identifica e, depois de ser aceite por alguém do grupo abordado, faz as apresentações dos companheiros. Os do grupo abordado irão estender a mão e dizer as expressões costumeiras de simpatia e aceitação a cada indivíduo apresentado pelo interlocutor.

Comentários

  1. Pezada Lúcia Ferreira.
    É com imenso prazer que recebemos o seu novo post e teremos grande satisfação em utilizar os seus ensinamentos valiosos.
    A apresentação diz muito sobre a educação do indivíduo e torna-se uma forte aliada para uma primeira impressão positiva.
    Continuamos aguardando a edição do livro com uma certa ansiedade, porque nos tranquilizará quanto à consultas em todo o canto em que estivermos- e delas necessitarmos!
    Agradecidos sempre e desjando muito $uce$$o.
    Adriana, Henrique e Zilda.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada, Adriana. Para já, o livro - que ainda está em projecto - será sobre etiqueta dirigida às crianças. Afinal, é de pequenino que se começa!

    Quanto ao livro de Protocolo & Etiqueta, quem sabe, um dia...?

    Feliz Ano de 2013, como votos de que todos os seus sonhos e projectos se realizem!

    Lúcia

    ResponderEliminar
  3. Lúcia, como sempre gosto imenso dos teus "post" e estou com a Adriana. Estamos à espera de um livro! Beijocas
    Pia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pia, obrigada pelo teu comentário e pelo teu apoio. Estou seriamente a pensar na questão do livro. Beijinhos Lúcia

      Eliminar
  4. Dúvida: Numa sms/e-mail/etc. para um colega ou amigo, é educado despedirmo-nos com um beijo ou é melhor beijinhos? Já me foi dito que beijo é reservado ao marido/namorado e beijinhos para os colegas e amigos. Pode esclarecer isto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro (a) Anónimo (a),

      Antes de tudo, há que ter sempre presente que nestas questões de etiqueta (e também do protocolo) o bom senso deve imperar.

      Posto isto, vamos à sua dúvida: sms/ e-mail para amigo é uma questão; sms/ e-mail para um colega é outra. Quero com isto dizer que para um amigo poderá efectivamente despedir-se com um beijinho ou beijinhos. Honestamente, nunca ouvi falar na "regra" que mencionou de que beijo é reservado ao marido/namorado e beijinhos para colegas e amigos.

      No que concerne à esfera corporativa e apesar de sms/ e-mail ser uma forma de comunicação escrita mais informal do que uma carta ou até um fax, não devemos despedirmo-nos de um colega de trabalho com "beijinhos". Dependendo do contexto, poderá despedir-se com um "grato" ou "Obrigado", se for um homem , ou "grata" / "Obrigada" se for do género feminino. Outra "formula" poderá ser "cordialmente"; "Atenciosamente", etc. No mundo do trabalho, na dúvida, opte sempre por encerramento neutro da mensagem; Obviamente que um relacionamento profissional, com o tempo, poderá tornar-se num relacionamento de amizade e aí, o encerramento do e-mail poderá evoluir para "beijinhos", por exemplo; Utilize sempre o seu senso comum.

      Espero ter respondido à sua dúvida.

      Votos de um excelente 2014!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens Populares

Etiqueta Social: Algumas regras básicas

A minha avó materna diz, do alto dos seus 94 anos, “ a educação nunca passa de moda”, e é  - numa singela homenagem a ela – que apresento algumas regras básicas de etiqueta social.
1-Apresentações: Sempre o menos importante se apresenta ou é apresentado para o mais importante, ie, o senhor para a senhora, o mais novo ao mais velho.
Como se determina a importância? Para determinar a importância, deve-se ter em consideração os seguintes factores: a)Idade b)Sexo c)Posição social d)Posição política e)Hierarquia As mulheres não se levantam. São cumprimentadas sentadas. No entanto, é gentil levantar-se para alguém mais velho ou para uma grávida, por isso, se for mulher, é simpático levantar-se para cumprimentar ou uma grávida ou uma senhora mais velha. Os homens levantam-se sempre, mesmo para cumprimentar outro homem. As apresentações devem ser sempre efectuadas com o nome e o sobrenome; não entenda isto como snobismo, mas sim como um ponto de referência importante. Claro que se for uma pessoa …

Bandeiras: Parte I

De repente lembrei-me daquele episódio da Bandeira Nacional (Portugal) hasteada ao contrário (que também tem um significado, já lá vamos) e lembrei de publicar o texto que se segue sobre como colocar / hastear bandeiras.
Vamos, então, explicar qual o significado de uma bandeira hasteada ao contrário: significa que o lugar que essa bandeira representa está sendo invadido pelo inimigo e é um pedido de socorro aos seus aliados!
A bandeira é o símbolo representativo de um Estado soberano, ou país; de um município, de uma sociedade, de um clã, de um reino, de uma coroa; existem normas para hastear as bandeiras e há toda uma simbologia inerente às mesmas. Sem grandes delongas, irei tentar dar umas "dicas" práticas sobre como hastear as bandeiras.
No caso de Portugal, a lei que rege essas regras do desfraldar da bandeira é o Decreto-lei n.º 150/87 de 30 /3/1987.
Em Portugal e em território português essa lei estipula que a bandeira portuguesa "quando desfraldada com outras bandeir…

Como Atender o Telefone da Sua Empresa

Quantas vezes procurou uma empresa na internet, navega no seu site - extremamente apelativo, por sinal - fica completamente maravilhado com tudo o que a empresa tem para oferecer ao cliente, efectua o contacto telefónico e...decepção! Atendimento telefónico péssimo e sem receber o feedback pelo qual tanto aguardava. O telefone ainda é um instrumento de vendas e de networking muito importante, por isso, é necessário ter em consideração alguns factores quando atender ou efectuar uma chamada telefónica. Não esquecer também da qualidade do atendimento que deve dar igualmente às ligações internas, que comprometem também a comunicação e agilidade no andamento dos negócios da sua empresa. 
Seguem algumas orientações para um atendimento telefónico de excelência:  - Ao atender o telefone diga o nome da empresa,  saudação para as chamadas externas que esteja estipulada pela empresa, seguido do seu nome (ex: protocolo e etiqueta, boa-tarde, fala a Constança, em que lhe posso ser útil?).  - Acas…