Avançar para o conteúdo principal

CASAMENTO: Os Convidados Perfeitos


Parte I: O que vestir? Regras Gerais

Cada vez mais descuida-se o protocolo da indumentária para assistir a um casamento. Existem, no entanto, certas normas que não podem ser ignoradas, se queremos ser os convidados perfeitos.

A regra de ouro é vestir-se de acordo com as indicações (dress code) impresso no convite. Se tal não estiver impresso no convite, os convidados devem ter em conta onde e quando se celebra a boda.

Ficam as linhas gerais para o que vestir quando convidada (o) para um casamento:

1) Senhoras:
Fonte: torontoshopoholicblog.com

      1.1. Nunca, jamais vista branco! Essa é uma prerrogativa  da noiva, a estrela do dia e não vai querer "ofuscar" a noiva...
       1.2. Mostre sempre respeito em relação às crenças religiosas: Por exemplo, se o casamento é numa  igreja católica, será de bom tom não ter os braços e ombros descobertos (poderá usar, enquanto decorre a cerimónia na igreja, um foulard de seda, por exemplo). Evitar mini -saias e  decotes profundos.
       1.3. Poderá usar preto, mas com moderação, isto é, usar em consonância com outras cores; A cor preta é aceitável em cerimónias que têm lugar ao entardecer / noite.

2) Homens: Na dúvida, os homens estarão sempre bem se optarem por fato escuro e gravata; os acessórios (botões de punho, relógio) serão os elementos de distinção.
Fonte: geralforum.com

E por ora, é só! Brevemente publicarei a parte II.



Comentários

  1. Hummm... afinal (ou finalmente), há novidades por aqui. E, como sempre, com excelentes conselhos. Parabéns.

    Com um ramo de :-) (sorrisos)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens Populares

Etiqueta Social: Algumas regras básicas

A minha avó materna diz, do alto dos seus 94 anos, “ a educação nunca passa de moda”, e é  - numa singela homenagem a ela – que apresento algumas regras básicas de etiqueta social.
1-Apresentações: Sempre o menos importante se apresenta ou é apresentado para o mais importante, ie, o senhor para a senhora, o mais novo ao mais velho.
Como se determina a importância? Para determinar a importância, deve-se ter em consideração os seguintes factores: a)Idade b)Sexo c)Posição social d)Posição política e)Hierarquia As mulheres não se levantam. São cumprimentadas sentadas. No entanto, é gentil levantar-se para alguém mais velho ou para uma grávida, por isso, se for mulher, é simpático levantar-se para cumprimentar ou uma grávida ou uma senhora mais velha. Os homens levantam-se sempre, mesmo para cumprimentar outro homem. As apresentações devem ser sempre efectuadas com o nome e o sobrenome; não entenda isto como snobismo, mas sim como um ponto de referência importante. Claro que se for uma pessoa …

Bandeiras: Parte I

De repente lembrei-me daquele episódio da Bandeira Nacional (Portugal) hasteada ao contrário (que também tem um significado, já lá vamos) e lembrei de publicar o texto que se segue sobre como colocar / hastear bandeiras.
Vamos, então, explicar qual o significado de uma bandeira hasteada ao contrário: significa que o lugar que essa bandeira representa está sendo invadido pelo inimigo e é um pedido de socorro aos seus aliados!
A bandeira é o símbolo representativo de um Estado soberano, ou país; de um município, de uma sociedade, de um clã, de um reino, de uma coroa; existem normas para hastear as bandeiras e há toda uma simbologia inerente às mesmas. Sem grandes delongas, irei tentar dar umas "dicas" práticas sobre como hastear as bandeiras.
No caso de Portugal, a lei que rege essas regras do desfraldar da bandeira é o Decreto-lei n.º 150/87 de 30 /3/1987.
Em Portugal e em território português essa lei estipula que a bandeira portuguesa "quando desfraldada com outras bandeir…

Convites e Envelopes: Nada mais Fácil!

Para os que recebem convites para eventos onde constam siglas que mais lhes parece código entre detectives, aqui fica a "descodificação" dos mesmos. Nada mais fácil. Ora vejam:

1 - Convites com a sigla R.S.F.F. (Responder Se Faz Favor): Devem ser respondidos no espaço de 48 horas; mas para tudo existe uma excepção... se é uma pessoa que recebe muitos convites, não tem de responder no espaço de 48 horas; tem de ter em atenção o espaço que vai desde que recebe o convite até À data do evento para o qual é convidado. Agora, deve-se responder a todos os convites que se recebe e tão breve quanto possível. Claro que nesta questão, como em todas as outras relacionadas com etiqueta, o bom-senso deve imperar. Assim, ninguém lhe levará a mal se não responder se for o caso do lançamento de um livro ou a ante-estreia de um filme (não estranhe, no entanto, se a entidade promotora do evento não o voltar a convidar se não responder...), mas não responder ao convite de um jantar é impensável.